19/01/2016 10h48

MPE quer barrar utilização de dinheiro público para a realização do Fátima Folia

Foliões do Fátima Folia 2015 - Foto: Ribero Junior/SiligaNews

A exemplo do que vem ocorrendo em outros municípios do Estado, o MPE (Ministério Público Estadual) recomendou à prefeitura de Fátima do Sul a não realização do Fátima Folia, tradicional Carnaval de rua do município através do recebimento de recursos públicos.

Na semana passada o governo do Estado destinou à festa, R$ 70 mil. Outras cinco cidades, Corumbá, Ladário, Campo Grande e Aquidauana e Anastácio também foram contemplados com a verba já prevista para a cultura. Segundo o MPE, o prefeito Junior Vasconcelos (PSDB) terá cinco dias a partir desta terça-feira (19) para acatar ou não a recomendação, diante da possibilidade de responder por improbidade administrativa.

Em contato com a prefeitura, o jornal Dourados News foi informado que o chefe do Executivo municipal está em Campo Grande e na sexta-feira se reunirá com o promotor de Justiça Romão Ávila Milan Júnior, para apresentar as justificativas diante da situação e debater a realização ou não do evento.

Uma nota oficial deve ser apresentada pela administração até a próxima segunda-feira (25), porém, a possibilidade da festa ser cancelada é pequena diante da proximidade com o evento.

Emergência
Na argumentação da Promotoria, Fátima do Sul sofreu nos meses novembro e dezembro de 2015 e janeiro com as fortes chuvas que provocaram significativos danos na zona urbana e rural, que resultou no decreto de situação de emergência, datado de 11 de dezembro de 2015.

Outras situações apresentadas diz respeito a ações contra a atual administração e que correm no Ministério Público, como a da ausência de um Cras (Centro de Referência de Assistência Social) no município e a apuração da existência de falta de medicamentos à população, além da presença de crianças no lixão da cidade.

O Fátima Folia entrará em sua 11ª edição e a festa ocorre entre os dias 5 e 8 de fevereiro, com expectativa de receber 80 mil de pessoas ao longo dos quatro dias de folia.

 

Adriano Moretto, do Dourados News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do iFato.