19/09/2017 14h37

Fábrica de reciclagem de alumínio é inaugurada e gera 500 empregos

Estão sendo gerados 500 empregos diretos e indiretos e a capacidade de produção é de 5 mil toneladas de alumínio por mês. (Foto: Divulgação)

Com investimento de R$ 35 milhões, a fábrica de reciclagem de alumínio foi inaugurada nesta terça-feira (19) em Paranaíba, distante 422 km de Campo Grande. A Latasa gera 500 empregos diretos e indiretos.

A inauguração contou a presença do governador Reinaldo Azambuja (PSBD), dos secretários da Semagro, Jaime Verruck, secretário do Imasul, Ricardo Eboli e do diretor da Latasa, Mário Fernandes.

A fábrica foi inaugurada dois anos depois do lançamento da pedra fundamental, que aconteceu em 2015. Serão produzidos duas mil toneladas mensais de alumínio, porém, a capacidade instalada para produzir de cinco a seis mil toneladas mensais de alumínio reciclável. São 100 empregos diretos e 400 indiretos.

Segundo o diretor da Latasa Regiclagem, Mário Fernandes, o grupo tem interesse em transformar a região na capital do alumínio em Mato Grosso do Sul. "Hoje estamos realizando um sonho após dois anos de obras".

De acordo com Verruck, é importante lembrar que essa é a segunda inauguração importante no Estado, em menos de dez dias. "Junto com o Marfrig, serão gerados mais de 1 mil empregos diretos e indiretos na cidade".

Do Campo Grande News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do iFato.