07/08/2017 14h17

Policiais Militares de Itaporã recebem moção de homenagem da Câmara

Os quatro policiais envolvidos na ação. Fotos por Aislan Nonato, do iFato.

Na manhã desta segunda-feira (07), quatro policiais militares lotados no Pelotão de Itaporã-MS, estiveram na Câmara Municipal para receber moção de homenagem pelo trabalho executado, principalmente, pela prisão de uma quadrilha em fevereiro de 2017.

Na ocasião das prisões (relembre aqui), os policiais Luiz Gonçalves de Oliveira, Weksley Medeiros Escobal, Anginaldo Braga Espindola e Reinaldo Barbosa Alvarenga Junior prenderam uma quadrilha composta por nove criminosos que planejavam assaltar a agência do Banco Bradesco, de Itaporã.

Quatro dos presos eram foragidos da Cadeia Pública de Fátima do Sul. Alguns deles também eram suspeitos de participarem de outros atos criminosos na Cidade e dois chegaram a confessar a participação em um assalto a uma relojoaria, ocorrido em fevereiro de 2017 (relembre aqui).

As prisões ocorreram em duas residências em Itaporã, apesar das tentativas, todos os suspeitos foram presos. Em uma das casas foram encontrados papelotes de maconha, que, aparentemente, eram preparados para venda na Cidade.

A equipe do iFato acompanhou o trabalho dos policiais e conforme os indícios, a quadrilha concentraria suas ações na Cidade, com furtos/roubos e venda de entorpecente.

Dias depois, os envolvidos recolhidos a Cadeia Pública de Itaporã tentaram nova fuga, sendo contidos pelos oficiais.

A moção foi proposta pelo Presidente da Câmara, Márcio Lobo, e aprovada por todos os vereadores da Casa.

Clique neste link e relembre o caso. Abaixo cópia da moção e fotos da cerimônia.

Por Aislan Nonato, do iFato

Galeria de Imagens - Para ver todas as fotos clique aqui.

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do iFato.