04/11/2017 08h04

Caminhão tomba na rotatória do peixe, em Itaporã

Caminhão tombou logo após a rotatória. Fotos por Aislan Nonato, do iFato.

Aproximadamente, às 06h00 deste sábado (04), um caminhão carregado com madeira tombou após contornar a rotatória do peixe, na MS 156, em Itaporã.

A equipe do iFato esteve no local do acidente e conforme informações relatadas pelo condutor do caminhão, ele trafegava pela MS 156, sentido Dourados à Itaporã, quando um pouco antes da rotatória percebeu que o veículo havia perdido freio, “'bombei' várias vezes achando que podia pegar, mas não resolveu”, relatou o motorista a reportagem.

Ele trafegava com um Mercedez Benz Atego, com placas de Ponta Porã, carregado de madeira que havia saído de Dourados com destino a cidade de Maracaju, a 71 quilômetros de Itaporã.

No caminhão estavam o condutor e um passageiro, este último estava reclamando de algias na coluna e apresentava escoriações, o condutor não teve ferimentos. Os envolvidos são residentes em Dourados e não foram identificados até o momento.

A equipe de atendimento móvel do hospital municipal foi acionada e, rapidamente, esteve no local socorrendo o passageiro que precisou ser encaminhado à unidade de saúde para exames e atendimento detalhado. Foi descartada qualquer lesão grave na vítima.

O local do fato está no encontro do final do perimetro urbano e de uma rodovia, apesar deste caso ter sido ocorrido por problemas mecânicos, o trecho é palco de constantes acidentes, em que já deixaram vítimas fatais, porém as administrações municipais e estaduais (tanto as atuais, como anteriores), muito pouco, ou quase nada, fizeram na tentativa de resolver o problema.

A Polícia Militar de Itaporã esteve no local sinalizando o trecho e apurando informações para registrar a ocorrência.

Por Aislan Nonato, do iFato

Galeria de Imagens - Para ver todas as fotos clique aqui.

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do iFato.