11/08/2017 23h45

Morador em Itaporã é vítima do golpe do falso frete em Rio Brilhante

Foto por Aislan Nonato, do iFato.

Na quarta-feira (09), aproximadamente, às 15h30, moradores em Itaporã-MS foram vítimas do golpe do falso frete em Rio Brilhante, à aproximadamente 57 quilômetros de Itaporã, via MS-156 e BR-267.

Conforme informações contidas no boletim de ocorrência, o proprietário de uma caminhonete Ford F-4000, recebeu uma ligação para fazer um frete de Rio Brilhante até Dourados.

Ele passou o serviço ao seu funcionário e pediu para que o mesmo ligasse para o contratante do frete, que identificou-se como Daniel. Ao chegar na Cidade vizinha, o motorista tentou ligação e o número do celular apresentava-se como inexistente.

O motorista entrou em contato com o patrão que conseguiu ligação com o contratante que informou que estava próximo ao cemitério de Rio Brilhante. Ele foi até o local e encontrou o solicitante pelo frete e outro homem.

Eles entraram no veículo e informaram que o frete tratava-se de uma mudança que seria carregada em uma chacará e que teriam que seguir em uma estrada vicinal, depois encontrariam o irmão de um deles.

Ao encontrar o envolvido, foi solicitado que o motorista estacionasse o veículo e foi anunciado o assalto, cada um com uma pistola.

Mandaram o motorista descer e o levaram para o meio de um canavial, onde amarraram seus pés e mãos. Ele ficou no canavial por, aproximadamente, cinco horas, sendo vigiado por dois dos assaltantes e outro saiu com a caminhonete.

Em dado momento os dois acusados que ficaram no local disseram a vítima que iriam embora e que depois de alguns minutos ligariam para a ambulância ir buscá-lo. Temendo que os assaltantes voltassem, a vítima saiu do local e andou até chegar uma igreja onde pediu ajuda.

A Polícia Militar foi acionada, esteve no local e encaminhou o motorista para registrar a ocorrência.

As vítimas terão seus nomes preservados pelo iFato. O proprietário do veículo é morador em Itaporã, a F-4000 dele é de cor branca, ano 1990, com placas BLJ-2502, de Itaporã e ainda não foi localizada. No boletim de ocorrência não fica nítido que o motorista também seja morador em Itaporã.

Por Aislan Nonato, do iFato

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do iFato.