27/10/2017 17h37

Sargento da PM de Itaporã entra para a reserva remunerada da Corporação

Terceiro-sargento PM Jamir Rodrigues Mariola. Foto: Divulgação/PM Itaporã

Nesta sexta-feira (27), foi publicada no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul a transferência para a reserva remunerada do terceiro-sargento PM Jamir Rodrigues Mariola, lotado no 3º Pelotão PM em Itaporã há, aproximadamente, 28 anos.

O sargento Mariola ingressou nas fileiras da Polícia Militar no ano de 1990 como soldado, tendo sido promovido  no ano de 2005 à graduação de cabo e no ano de 2016 à graduação de terceiro-sargento.

Mariola é casado e pai de dois filhos, sendo que um deles também é policial militar.

Em nota emitida pelo Tenente Robson Diniz, comandante do Pelotão da PM de Itaporã, registrou sua referência ao efetivo de profissional e de ser humano [do sargento], pois sempre se dedicou à PMMS e (com muito entusiasmo e excelência) atendeu à população itaporanense até seu último serviço (o plantão de 26 para 27 de outubro de 2017).

O Comando e o efetivo do 3º Pelotão parabenizam o sargento Mariola por essa nova fase em sua vida, ocasião em que fazem votos de muitas felicidades no seu merecido descanso, registrando para tanto este singelo agradecimento!

Nota iFato
Apesar do pouco tempo do site iFato, sempre procuramos destacar o bom trabalho de todas as forças policiais para proteger e manter a ordem pública, proporcionando a paz aos cidadãos de bem. Dentre esse excelente serviço, destacamos o exercido pelo Pelotão da Polícia Militar de Itaporã, no qual o Sargento Mariola fez parte, sempre com a atenção e dedicação à população e à imprensa.

Reserva da Polícia Militar
Usa-se o termo de que o militar foi transferido a reserva remunerada quando este cumpriu o tempo de serviço, o que iguala-se a aposentadoria dos civis, mas este policial fica a disposição da Corporação, podendo ser convocado quando necessário.

O militar ainda pode ser reformado, caso que também iguala-se a aposentadoria dos civis, porém neste caso o policial fica impossibilitado de estar a disposição da Corporação devido a problemas de saúde, físicos, entre outros.

Aos militares que estão em pleno exercício das suas funções, usa-se a expressão de que estão na ativa.



Mariola no último plantão. Foto: Divulgação/PM Itaporã.

Da Assessoria da PM de Itaporã com adição de iFato

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do iFato.