05/03/2015 18h24

Ata da primeira reunião sobre o protesto por melhorias nas rodovias que ligam Itaporã e Douradina

Confira a ata da primeira reunião em que foi discutida ações a serem tomadas no protesto por melhorias nas rodovias que ligam Itaporã e Douradina.

A reunião foi realizada no último sábado (28/02) nas dependências da Escola Saldanha Derzi, no distrito de Montese e poderá ocorrer outras para apresentar propostas ou resultados.

O documento traz:

Aos 28  dias do mês de fevereiro, do ano de 2015, se reuniram nas dependências da Escola Estadual Senador Saldanha Derzi, em Itaporã-MS, alguns cidadãos de Itaporã e Montese, para tratar assuntos referentes as melhorias na rodovia que liga a cidade de Itaporã e passa pelos distritos de Montese, Piraporã chegando a cidade de Douradina-MS (156), e MS (470) que nos últimos anos foi palco de muitos acidentes, , alguns com vitimas fatais.

Seguindo a pauta da reunião foi falado de um abaixo assinado para fortalecer nosso movimento. Contando com a ajuda da população, líderes de entidades e políticos das esferas municipais, estaduais e federais. Afim de que novas vidas não serem sacrificadas.

Como emergência pedimos  o recapeamento completo, alargamento das margens da pista, acostamento em sua extensão e sinalização, e em futuro próximo a duplicação, lembrando que este é um padrão atual de novas rodovias.

Em conversas o grupo discutiu um caminho para que as ideias do movimento cheguem até ao governador do estado e se optou por entrar em contato  com  a câmara de vereadores, entidades  e pessoas influentes do município de Itaporã para tentar  mostrar ao governador a necessidade de se melhorar  e solucionar os problemas das rodovias (165) e (470).

O grupo também optou por organizar um material  para fazer a divulgação do movimento e frisou a importância do abaixo assinado aos populares.  Durante todas as etapas da negociação serão estipulados prazos para haver respostas.

Quanto ao bloqueio da rodovia, foi falado  que vamos aguardar as negociações.

Sendo assim findamos a reunião essa ata segue assinada por mim e pelos demais integrantes do movimento.

 

.

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do iFato.