07/05/2015 23h10

“Estrutura de MS favorece setor agropecuário”, diz diretor da SBR

Assessoria O evento contou com a participação de produtores rurais da região de Dourados

A estrutura institucional de Mato Grosso do Sul está entre as melhores do país, segundo o diretor da SBR (Sociedade Rural Brasileira) Francisco Vila. Na tarde desta quinta-feira (7), a equipe de técnicos do Rally da Pecuária esteve em Dourados para uma tarde de palestras e debates com os produtores da região. A expedição realizou o evento na tatersal do Parque de Exposições João Humberto de Carvalho. Foram realizadas quatro palestras técnicas sobre os problemas atuais e as soluções encontradas para o homem do campo.

Para o presidente do Sindicato Rural de Dourados, Lúcio Damalia, este evento veio até a cidade para apresentar novidades que irá facilitar o trabalho e a produção no campo. “O motivo de ter trazido este evento a Dourados é porque, além da cana e da soja, o nosso Estado tem a pecuária que é bastante expressiva e o Rally tem a missão de mostrar para o produtor, principalmente o pecuarista, a força e o potencial deste setor na nossa região. Essa é a função do Sindicato Rural de Dourados, trazer informação para nosso associado”, explica Damalia.

Durante o encontro foi discutido a visão geral da agropecuária hoje e no futuro dividido entre as quatro palestras técnicas realizadas. Estes debates abordaram temas relacionados ao pasto, a alimentação dos animais, o setor financeiro e modernização dos trabalhos técnicos para serem aplicados no campo. “O mais importante desta expedição é fazer um comparativo dos resultados do ano anterior com o os resultados dos estudos deste ano. Fazemos isso para saber se mudou alguma coisa, com qual velocidade mudou e também para comparar com outras regiões do Brasil”, comenta Vila.

No ano passado o Rally da Pecuária esteve em Mato Grosso do Sul, mas visitou apenas a capital Campo Grande. Este ano a expedição voltou a capital antes de vir para Dourados, onde realizou uma reunião com os produtores rurais da cidade para apresentar os resultados obtidos na expedição de 2015. Segundo Vila, por um lado a agricultura tem as concorrências de mercado e também está sujeita mais riscos. Já a pecuária é um setor mais tranquilo na avaliação do diretor da SBR. Ele garante que nos últimos três anos a pecuária em Mato Grosso do Sul está em boa fase e a tendência é só melhorar.

“Nós estamos percebendo que as pessoas ficam um pouco na dúvida se é para avançar na agricultura, já que neste setor tecnicamente é mais complicado, ou expandir as atividades na pecuária. A pecuária está passando por um processo de mudança, saindo da forma tradicional expansiva e passando para uma pecuária que explora mais a parte técnica”, diz. Para ele, Mato Grosso do Sul tem a vantagem de ter uma boa associação de novilho precoce com um sistema mais moderno. “Estamos percebendo que o pessoal, em princípio, está bem disposto, pois o preço da carne é bom e o preço do bezerro está melhor que nos anos anteriores”, explica Vila dizendo que o setor agropecuário no Estado, até agora está melhor que dois anos atrás.

ESTRUTURA
A vantagem de Mato Grosso do Sul diante de outros estados do Brasil é a infraestrutura institucional. O funcionamento dos sindicatos rurais, do sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) e do Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), segundo a avaliação dos técnicos do Rally é muito mais consolidada quando comparada com as mesmas intuições em outras regiões. “Os serviços prestados por essas instituições são muito boas. O ambiente de negócio é muito favorável aos produtores. Um exemplo são os frigoríficos que possuem uma infraestrutura de alto nível”, confirma. No contexto agropecuário, Mato Grosso do Sul está entre os três primeiros de 26 estados brasileiros.

 

Assessoria/Sindicato Rural de Dourados

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do iFato.