03/03/2016 09h36

Excesso de chuvas frustra meta de safra recorde de soja em Mato Grosso do Sul

Foto por Aislan Nonato/iFato Soja por colher tomado pela água das chuvas às margens da MS-156 em Itaporã

A Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja) já admite que o excesso de chuva, principalmente na região sul, deve frustrar a expectativa de recorde na safra 2015/2016, com risco até de que a produção fique abaixo da registrada no ciclo anterior (7 milhões de toneladas).

“Se a colheita evoluir nos próximos dias, deve ultrapassar os 7 milhões de toneladas, mas se não evoluir, se a chuva não der uma trégua, pode ser que o volume colhido não alcance nem a safra passada”, avalia o presidente da entidade, Christiano Bortolotto. Ele acrescenta que os próximos dias são decisivos para os produtores.

Houve aumento de 4,1% da área plantada neste ciclo, totalizando 2,4 milhões de hectares, e, por isso, a estimativa inicial da Associação era de  produção de 7,5 milhões de toneladas. Por conta das chuvas intensas na região sul, que provocaram perdas de até 100% em algumas lavouras, o montante foi reduzido para 7,2 milhões, mas a entidade mantinha a expectativa de safra recorde, acreditando que os prejuízos eram em áreas isoladas e não deveriam prejudicar o montante final colhido no Estado.

 

Paula Vitorino, do Correio do Estado

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do iFato.