18/07/2017 15h36

Com Cassems ainda não regularizada, urgências de oncologia serão no HV

Hospital da Vida, em Dourados. Foto: Walter Ramos

O Hospital da Vida já está atendendo, desde sexta-feira (14) passada, aos casos de urgência e emergência em Oncologia que antes eram realizados no Hospital Evangélico. A Secretaria municipal de Saúde observa, porém, que os pacientes internados no Evangélico vão permanecer até obterem alta hospitalar, para que não sejam interrompidos os procedimentos.

O processo de licitação realizado para solucionar o problema, conforme recomendação judicial, credenciou o Hospital Cassems e o CTCD (Centro de Tratamento de Câncer de Dourados) para assumirem os serviços de internação hospitalar, cirurgias e Quimioterapia, no caso da Cassems e de Radioterapia, pelo CTCD, e fixou um prazo de 180 dias para que as unidades habilitadas fossem dotadas das condições exigidas no edital.

Como o Hospital Cassems ainda não dispunha da estrutura hospitalar necessária à internação dos pacientes da Oncologia, a empresa pediu um prazo mínimo de 120 dias para promover os ajustes e se submeter a inspeção técnica da Secretaria, de acordo com as normas estipuladas pelo Ministério da Saúde.

Nesse período, o CTCD assumiu o agendamento ambulatorial dos casos de Radio e Quimio.

Enquanto isso, de acordo com a Secretaria de Saúde, o Hospital da Vida vem promovendo adequações para oferecer o melhor atendimento.

Até o momento, 20 leitos foram direcionados aos pacientes oncológicos que necessitarem de internação até que as empresas habilitadas no certame licitatório estejam devidamente credenciadas junto ao Ministério da Saúde.

Do Dourados News

COMENTÁRIOS

Usando sua conta do Facebook para comentar, você estará sujeito aos termos de uso e politicas de privacidade do Facebook. Seu nome no Facebook, Foto e outras informações pessoais que você deixou como públicas irão aparecer no seu comentário e poderão ser usadas nas plataformas do iFato.